Hoje decidi contar a minha história

Após muitos pedidos decidi contar a minha história e como criei esse blog.

Então, prepara o chazinho e vem “sentar” comigo. 

Como muitas de vocês já sabem me chamo Carmelita González, tenho 67 anos e há alguns meses atrás eu decidi criar um blog para compartilhar dicas sobre o autocuidado e a sua importância para ajudar mulheres que assim como eu já se sentiram no fundo do poço.

carmelita-preocupada

Hoje vou te contar um pouquinho dessa história.

Sempre tive uma vida boa, claro com suas dificuldades, mas sempre com muito amor. 

Com 22 anos me formei professora do ensino básico, lugar onde guardo com muito carinho o fato de ter alfabetizado mais de 1000 crianças, um trabalho gratificante que até hoje sinto saudades.

carmelita-professora

Hoje em dia encontro alguns alunos meus no mercado e eles falam: “você deu aula pra mim e pro meu filho Carmelita, que saudades suas, você faz falta…”, sou muito grata por ter passado na vida dessas pessoas e ver que eu pude ajudar e marcar a vida delas de uma maneira positiva.

Após alguns anos trabalhando na mesma escola, conheci meu marido que também era professor. Depois de 3 anos namorando, decidimos juntar as escovas de dentes e começar nossa vida.

carmelita-marido

A partir daí posso dizer que vivi meus melhores anos, a chegada dos nossos filhos e agora por último dos meus netinhos.

carmelita-netos

Infelizmente meu companheiro não teve a chance de conhecer a beleza de ser avô. Em 2011 meu mundo caiu, aos 59 anos, meu marido faleceu em um trágico acidente de carro e daí para frente foi só ladeira abaixo.

A morte do meu marido foi o fim da mulher que eu era, aquilo realmente me devastou, um mês antes dele partir, tínhamos decidido fazer nossa primeira viagem internacional para comemorar nossa aposentadoria, estávamos no nosso melhor momento e a partida dele foi um choque.

Vivi 5 anos na lama literalmente, nem meus filhos me reconheciam, até que um dia em uma conversa banal com a minha vizinha tive um estalo e surgiu uma vontade de mudar, esse se tornou o primeiro dia da mulher que sou hoje, foi o dia do meu renascimento como a Carmelita, uma mulher forte, independente e dona de si.

A partir deste dia comecei a buscar ajuda para me recuperar cada vez mais do abismo em que eu tinha entrado. 

Após anos sofrendo e achando que eu não merecia mais a vida, voltei como uma águia, sendo uma mulher ainda mais incrível e dona de si, que busca ainda mais a evolução. 

Passei 5 anos me sentindo uma pessoa horrível, não sentia vontade de sair, nada me fazia sentido nessa época, até que encontrei uma amiga que me lembrou quem eu era e esse foi um momento mágico.

Quando me redescobri, encontrei o poder do auto cuidado, percebi que o mundo não tinha limites e que eu podia fazer tudo o que quisesse, a vida me voltou a ser prazerosa. 

Comecei meus processos com meditação, alimentação balanceada, cuidados diários com o corpo e com a pele.

carmelita-lift-gold

Então em uma roda de amigas, descobri o Lift Gold que mudou minha história com os cuidados do rosto. 

Um dos problemas que mais me incomodavam, a aparência. Após tanto tempo no fundo do poço, envelheci anos e já não reconhecia mais meu rosto.

Lift Gold me fez reconhecer meu poder e hoje não vivo sem meu douradinho. 

Com o aumento da minha autoestima tudo começou a mudar e por isso decidi fazer esse blog, para compartilhar minhas experiências e também dicas de como se sentir melhor com quem você é. 

Hoje em dia eu sei o quanto é valioso tirar alguns minutos da minha rotina para me cuidar e sentir bem comigo mesma. 

Se tem algo que eu recomendo é tirar um tempo da correria do dia-a-dia para estar conectada com você mesma. 

No mundo atual passamos muito tempo conectados, mas na maioria das vezes conectados com o que não é tão importante assim. Vale sempre apena lembrar que para ajudar o próximo, precisamos nos sentir bem e somente assim podemos realmente dar o melhor de nós ao outro.

Descubra o poder de se conectar com a sua essência.

carmelita-lg
carmelita
Sou a Carmelita! Professora aposentada com 67 anos de idade. Descobri o amor próprio e hoje amo cuidar da pele, dividindo dicas de cuidados diários que melhoram a minha autoestima
 
1
Olá, sou a Tamyres, como posso te ajudar?
Powered by